Conta de luz fica mais cara a partir da próxima segunda-feira, dia 15

Com esses valores, a Enel passa a ter a tarifa mais cara do Brasil, de acordo com a Aneel.

Se não bastasse toda a crise sanitária e financeira pela qual passa o estado do Rio de Janeiro, a conta de luz dos consumidores vai inda mais cara a partir da próxima segunda-feira (15/03) para 3,9 milhões de clientes da Capital Fluminense e de outros municípios do Estado. Isso porque a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, nesta terça-feira (09/03), os reajustes nas tarifas da Light e da Enel Distribuição Rio.

Os clientes residenciais da Enel Distribuição Rio; que atende Niterói, regiões dos Lagos, Norte, Noroeste e Serra Fluminense, ima aha de 4,65% na conta de luz. Os reajustes entram em vigor na próxima semana para consumidores atendidos pelas empresas.

O aumento médio para consumidores industriais da Enel Distribuição Rio será ainda maior, de 10,38% nos valores das suas tarifas. A medida na alta da conta de luz ficará em torno de 6,75%.

O aumento mais expressivo no consumo de alta tensão foi justificado pelo aumento dos custos de transmissão. A área técnica da Aneel também ressaltou que o aumento de custo da energia da usina Itaipu teve impacto no mix de compra de energia, influenciando pela atualização do valor de referência do dólar que passou de RS 4,33 para RS 5,42.