Cremerj reage com nota de repúdio após entrevista da Prefeita de Cardoso Moreira

O secretário de Saúde do município, Dr. Sérgio Henrique Allemand Motta, entregou o cargo alegando motivos pessoais.

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (CREMERJ), divulgou uma nota de repúdio na noite desse sábado (06/03), após um comentário feito em uma rádio pela prefeita de Cardoso Moreira, Geane Cordeiro Vincler.

No vídeo, é possível escutar a colocação da prefeita com relação ao atendimento médico na cidade:

“Todas as postagens nos quais as pessoas estão reclamando em relação ao atendimento, eles não reclamam do atendimento, na recepção, triagem, apenas do atendimento do médico, que as vezes não quer atender, faz corpo mole. Eu e o Secretário de Saúde estamos conversando individualmente com os médicos porque a gente precisa fazê-los entender que eles estão ali para trabalhar e não ir para o hospital para dormir, até porque em outros hospitais eles não vão para dormir, por que em Cardoso tem que ser diferente?”.

Após a fala da prefeita Geane Vincler, o CREMERJ, divulgou uma nota de repúdio às declarações emitidas pela mesma.

“O CREMERJ esclarece que é inadequado culpar os colegas pelos problemas enfrentados pelo SUS, quando o correto seria homenageá-los pela disposição em prestar serviços à população no ambiente complexo da saúde pública.

Portanto, o Conselho repudia as declarações da prefeita, e solicita publicamente que ela se desculpe com os médicos que foram ofendidos. O CREMERJ irá ingressar com ação de dano moral coletivo em desfavor da prefeita”.

O site entrou em contato com a Prefeitura de Cardoso Moreira para um posicionamento sobre a ação movida pelo CREMERJ e aguarda a resposta.