Criança com Covid resgatada e levada ao RJ por aeroporto de Campos apresenta leve melhora

Resgate ocorreu na noite de domingo (Foto: Mauricio Bazilio/ SES)

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, ainda é grave o quadro do menino Matheus, de 8 anos, que foi resgatado no último domingo (6), pelo Aeroporto Bartolomeu Lisandro, em Campos dos Goytacazes, trazido do município de São José de Ubá, no Noroeste Fluminense, e levado para do Rio de Janeiro, por causa de complicações em decorrência da Covid-19.

Segundo o órgão, houve uma leve melhora no estado de saúde da criança, que segue internada no Hospital Municipal Jesus, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio.

Sob forte chuva, foi montada uma operação conjunta entre a Secretaria de Estado de Saúde (SES), Marinha do Brasil e Corpo de Bombeiros, na noite do domingo, para socorrer a criança que está com 90% dos pulmões comprometidos pelo agravamento do quadro infecioso causado pelo novo coronavírus.

O menino, diagnosticado com a doença no dia 1º de dezembro, teve piora no quadro clínico, o que demandou a remoção. Desde o agravamento da situação, o mau tempo e o difícil acesso à região onde mora atrapalharam o resgate para encaminhamento a uma unidade de saúde especializada no tratamento.

Uma ambulância de UTI Móvel do 21º Grupamento de Bombeiro Militar de Itaperuna levou o paciente até o aeroporto de Campos dos Goytacazes. De lá, uma aeronave Super Cougar da Marinha do Brasil realizou o transporte aéreo até ao Terceiro Comar no Aeroporto Santos Dumont, onde o secretário de estado de Saúde, Carlos Alberto Chaves, que orientou toda a operação de resgate, aguardava a chegada do paciente.

O Hospital Municipal Jesus é referência em UTI Pediátrica para pacientes infantis com Covid-19. Na unidade, a criança foi diagnosticada com pneumonia e comprometimento de 90% dos pulmões.

Fonte: Terceira Via

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui