Empresária denuncia falta de resposta da Prefeitura ao tentar agendar vacinação para marido acamado

Segundo a subsecretaria municipal de Atenção Básica, Vigilância e Promoção da Saúde, imunização de acamados acontece diariamente. (Foto: REUTERS/Dado Ruvic)

Há dias uma empresária de Campos tenta há dias agendar a vacinação contra a Covid-19 para o marido acamado, mas afirma que não tem retorno da Prefeitura de Campos. Com alzheimer, o marido de Heloísa Tinoco tem 74 anos e há quatro é incapaz de se locomover. Após enviar várias mensagens para os telefones de contato divulgados pela Subsecretaria de Atenção Básica, Vigilância e Promoção da Saúde, Heloísa pediu ajuda ao Sistema de Comunicação Terceira Via.

Empresária Heloísa Tinoco em vídeo no qual denuncia falta de retorno da Prefeitura a tentativas de marcação de vacinação do marido acamado. (Foto: Reprodução)

“Mando o pedido conforme orientaram e não tenho resposta nenhuma. Às vezes, o Whatsapp informado aparece como online, eu mando novamente e sou ignorada. Já mandei mensagem para os dois telefones disponíveis, já tentei ligar também, mas ninguém atende. É uma situação difícil, porque este problema do coronavírus está muito sério e a gente sem saber como agir. Eu me sinto sem ação porque eu não sei se fui atendida, se fui ouvida”, desabafou a empresária.

Segundo a subsecretaria municipal de Atenção Básica, Vigilância e Promoção da Saúde (Subpav) o agendamento é feito exclusivamente pelo Whatsapp. Mas, prints encaminhados à redação do Terceira Via mostram tentativas de contato, feitas desde o dia 3 de março, com dois números de telefone, sem que Heloísa Tinoco tivesse resposta além de uma mensagem automática.

Em nota, a Subpav informa que segue imunizando as pessoas acamadas que fizeram o cadastramento através de Whatsapp. A imunização vem acontecendo diariamente através de um planejamento elaborado pela pasta, com a definição dos bairros. O órgão mantém os números de telefones (22) 981794664, (22) 981192588. O atendimento é feito apenas por Whatsapp. Para o cadastro deve ser informado o nome, data de nascimento, CPF e endereço completo do acamado.

Fonte: Terceira Via