Empresários querem montar frigorífico em zona de negócios para exportar carne pelo Porto do Açu

Na esteira do agronegócio, não é só a cana-de-açúcar que é a salvação da lavoura. Este ano, Campos deve ultrapassar a marca de 500 mil cabeças de gado, o que se equipara ao número de habitantes da cidade.

Podem apostar: em breve será anunciada a construção de um grande frigorífico em Campos com vista ao abate, visando a exportação pelo Porto do Açu. Esse frigorífico poderá ser instalado na Zona de Negócios que a Prefeitura de Campos vai montar na Baixada, próximo ao Açu.