Mesmo com fiscalização, praias de SJB e Farol têm fim de semana de aglomerações

Embora haja fiscalização na praia do Farol, em Campos, e nas praias de São João da Barra, os registros de aglomerações nas duas áreas lotaram as redes sociais no fim de semana. Em São João da Barra, a barreira sanitária foi suspensa pela Polícia Rodoviária Federal sob alegação de estar causando engarrafamentos na BR-356. Com isso, o acesso à cidade ficou livre no fim de semana e a fiscalização que circulou nas praias não foi suficiente para impedir os abusos.

O mesmo aconteceu no Farol, em Campos. Apesar da barreira sanitária ter sido mantida logo na entrada da praia e também da fiscalização pela orla a fim de assegurar o cumprimento das medidas de distanciamento e uso obrigatório de máscaras faciais e das demais restrições que constam nos decretos municipais, muitos frequentadores da praia fizeram aglomerações, principalmente na noite de sábado (23), como é possível ver nas imagens.

A Guarda Civil Municipal (GCM) informou que segue atuando na praia do Farol com um trabalho para coibir a aglomeração. Os agentes fiscalizam também motoristas de carros e condutores de motocicletas para que não parem e estacionem na extensão da orla, onde há placas indicando a proibição.

De acordo com o comandante da Guarda de Campos, Carlos Augusto Leão, cerca de 40 homens estão empenhados na fiscalização. “Continuaremos intensificando a fiscalização no Farol, onde a cada 300 metros na orla, dois guardas municipais estarão atuando supervisionando com patrulhamento de motos e viaturas”, destacou Leão.

Já em São João da Barra, a prefeita Carla Machado, anunciou que a prefeitura vai mover ação na Justiça para ter o direito de manter a barreira sanitária da BR 356, próximo a Barcelos, a fim de controlar o fluxo de veículos que chegam ao município. Carla pediu ainda que as pessoas continuem respeitando as medidas dos decretos e portarias da Prefeitura para conter o avanço da pandemia. Enquanto a barreira continua suspensa a Prefeitura segue com o trabalho de conscientização e fiscalização na orla e em todos os distritos.

Fonte: Terceira Via

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui