Ministério Público investiga possíveis irregularidades nas eleições dos vereadores

Sede da Câmara de Vereadores de Campos dos Goytacazes (Foto: Carlos Grevi)

O Ministério Público instaurou Procedimento Preparatório Eleitoral (PPE) para apurar possíveis irregularidades no pleito eleitoral para vereador em Campos. Segundo informações, a questão não se refere somente às mulheres votantes ou o número de candidatas necessárias para que uma chapa possa ser considerada regular.

Há outras irregularidades que estão sendo apuradas, como postulantes fantasmas, que mesmo figurando como candidatos, estavam fazendo campanha para outros, o que configura fraude. O MP deve também solicitar diligências policiais para que as questões possam ser analisadas como o máximo de isenção e legalidade possível.

Por outro lado, a ação proposta pelo vereador Jorginho Virgílio do DC, com pedido de liminar também será apreciada pelo MP e pode ser instrumento forte central ou de apoio para as investigações que já se encontram em curso.

Contudo, para que a liminar requerida pelo vereador Jorginho, buscando a suspensão da diplomação dos eleitos e seus suplentes, precisa ser apreciada antes data prevista, que ainda não se sabe se será remota ou presencial, podendo ocorrer entre os dia 15 e 18 de dezembro, caso não haja determinação judicial em contrário.

Fonte: Terceira Via