Morre no Hospital Manoel Carola pedreiro de Praça JoãoPessoa agredido com makita

Mais informação para você!

Morreu na manhã desta quarta-feira, 09/12, no Hospital Manoel Carola, em Ponto de Cacimbas, em São Francisco de Itabapoana, o pedreiro Paulo Jorge Alves da hora, 72 anos, que foi torturado com uma makita para informar onde estava o dinheiro que ele estava guardando na casa dele para comprar uma motocicleta. O crime aconteceu no domingo, 06 de dezembro.

A informação de sua morte foi passada por familiares. Segundo a sobrinha da vítima, o tio não resistiu aos ferimentos provocados durante a sessão de tortura para que ele fosse obrigado a dizer onde estava o dinheiro que estava guardando para comprar uma motocicleta.

Essa versão foi dada, também, à Polícia Militar, pelo próprio idoso aos policiais militares, no Hospital Manoel Carola onde o pedreiro estava internado.

Como foi:

Paulo Jorge disse em depoimento, que estava na casa onde morava, em Praça João Pessoa, quando foi surpreendido por dois elementos que invadiram a residência por volta das 17 horas de domingo, 06/12.

Segundo informações da sobrinha, para forçar o tio a falar onde estava o dinheiro, o idoso chegou a ser torturado pelos elementos com uma makita, uma ferramenta de trabalho utilizada pelo pedreiro.

Eles ligaram a makita e começaram a torturá-lo até que ele dissesse onde estava o dinheiro. Com ferimentos pelo corpo, Paulo Jorge, tão logo os bandidos foram embora com o dinheiro, ainda tentou caminhar até uma cabana próxima a casa dele para pedir ajuda, mas não resistiu e caiu ao solo.

Levado pelo Resgate Municipal para o Hospital Manoel Carola, veio a óbito nesta quarta-feira, 9.

Um policial compareceu à residência do idoso e constatou que a makita utilizada na tortura estava suja de sangue.

No dia do crime o idoso chegou a apontar um homem como sendo um dos autores da agressão. Esse indivíduo foi localizado pela Polícia Militar, mas negou participação no crime. Ele chegou a ser levado para a 147ª Delegacia Legal, mas será ouvido novamente a partir da mudança da versão da vítima.

Segundo a sobrinha da vítima, em contato com o Site VNOTÍCIA, a versão de que ele estava pedalando uma bicicleta e fora agredido a facão por dois elementos numa moto não condiz com a realidade.

Mas segundo apurou o VNOTÍCIA junto à Polícia Militar, essa versão foi dada pelo próprio idoso aos policiais militares, no momento em que ele foi encontrado caída em frente a uma cabana em Praça João Pessoa, na noite deste domingo, 06.

A nova versão também foi confirmada pela vítima à Polícia, em depoimento colhido no Hospital Manoel Carola, em Ponto de Cacimbas, onde o idoso estava internado.

Fonte: Blog do Pauno Noel