Orquestrando a Vida anuncia concertos virtuais em 2021

Dona de uma agenda intensa, a ONG Orquestrando a Vida viveu, em 2020, um cenário bem diferente do habitual. Em razão da pandemia, o projeto social viu seus corredores vazios e promoveu um único concerto, apenas para convidados. Este ano, na esperança de dias melhores, a entidade já programou dois concertos virtuais, previstos para os dias 9 de fevereiro e 6 de março, no canal “Orquestrando a Vida Oficial”, no YouTube.

– No ano passado, apesar da dificuldade de acesso à internet, por parte de muitos de nossos alunos, conseguimos manter as aulas, no sistema remoto. O resultado de todo esse trabalho foi visto no concerto natalino, apresentado na Igreja São Francisco, em 18 de dezembro, nosso único espetáculo de 2020, com as participações de ex-alunos do projeto, que hoje são músicos profissionais, com atuação em várias capitais. O resultado foi surpreendente, pois não tivemos ensaios presenciais – revela o presidente da Orquestrando a Vida, maestro Jony William.

Concertos Virtuais – Para iniciar a agenda de concertos de 2021 e, consequentemente, a celebração de seus 25 anos, a Orquestrando a Vida realizará dois concertos virtuais, previstos para os dias 9 de fevereiro e 6 de março, no canal “Orquestrando a Vida Oficial”, no YouTube. As ações fazem parte das atividades do projeto social, viabilizadas através da Lei Aldir Blanc, via Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio (Sececrj),

–  Fomos contemplados, pelo edital da Lei Aldir Blanc, no final do ano passado. No projeto estão previstas, também, oficinas, com nossos alunos. Nos próximos dias, divulgaremos os horários dos concertos virtuais – anuncia o diretor artístico da Orquestrando a Vida, Hodyllon Martins.

Ações de incentivo – Movida por doações, a Orquestrando a Vida celebra boas parcerias e conquistas recentes. A Brazilian Music Foundation, entidade de apoio a projetos sociais voltados para o ensino gratuito da música reconheceu, há cinco anos, a Orquestrando e passou a incentivá-la, de diversas formas. A entidade fica em Nova York e é administrada pela brasileira Madalena Sousa.

A Orquestrando a Vida também atua em parceria com o Conselho Municipal de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMPDCA), oferecendo qualificação a adolescentes do município.

Mobiliário doado – Otimista com o ano de 2021, a Orquestrando a Vida se inscreveu em um edital de doação de mobiliário da Caixa Econômica Federal, sendo contemplada com 44 itens, divididos entre mesas, cadeiradas, bebedouros e televisores. “Nesse momento, precisamos da ajuda do empresariado campista, pois necessitamos de um caminhão baú, de porte médio, para fazer a retirada do material doado, no Rio de Janeiro, em data que será anunciada, em breve, pela Caixa”, disse Jony William, requisitando o apoio dos campistas para este suporte logístico de transporte.

Fonte: Terceira Via

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui