Porciúncula – Domingo – Porciúncula tem mais de 8.600 pessoas atingidas pela cheia do Rio Carangola

No início da madrugada deste domingo (21/02), o nível do Rio Carangola já superava a marca de 8,40 metros, o que representa a maior enchente vivenciada no município tendo alcançado cerca de 12 centímetros a mais do que a última cheia do ano passado que era considerada, até o momento, a pior da história municipal.

A cota de transbordo do Rio Carangola no perímetro urbano de Porciúncula é de 5,20 metros. A prefeitura contabiliza 126 desabrigados, mais de 3.100 desalojados perfazendo um total mais de 8.600 pessoas atingidas pelas cheias do Rio Carangola. De acordo com o prefeito Leonardo Paes Barreto Coutinho, os abrigos de Porciúncula estão lotados e falta água potável já que a Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (CEDAE) interrompeu o fornecimento, por volta das 14 horas deste sábado(20/02), por conta do alagamento de sua estação Estação de Tratamento de Água (ETA).

A Companhia pede que os clientes usem água de forma equilibrada, e adiem tarefas que exijam grande consumo de água. Segundo a Cedae, o sistema voltará a operar após a estabilização do nível do rio, assim retomando o fornecimento de água. No entanto, o abastecimento pode levar até 24 horas para ser normalizado por completo em alguns locais, como ruas altas e pontas de sistema.

O governo do estado do Rio já está se mobilizando para socorrer a cidade. A prefeitura que o Governo do Estado envie meios para facilitar o acesso a determinados locais de difíceis acessos.