Prefeitura de Quissamã restringe acesso às praias, calçadões e lagoas

A Prefeitura de Quissamã publicou, na última quarta-feira (3), o decreto N° 3061 no Diário Oficial, com novas medidas de enfrentamento à Covid-19, com o fechamento da orla das praias, calçadões e lagoas, bem como restrição de acesso às praias somente a moradores e trabalhadores de serviços essenciais e dá outras providências. A decisão tem como objetivo restringir a quantidade de pessoas na região, que recebe muitos visitantes no período do verão e principalmente nos dias de Carnaval. Até a última quarta, foram registrados 1.254 casos confirmados, 1.030 casos curados e 49 mortes.

De acordo com o decreto, fica proibido o acesso e/ou a permanência nas faixas de areia, orlas das praias e calçadões, bem como às lagoas do município, inclusive em seus entornos, seja por pessoas ou veículos de qualquer porte. Fica determinado o desligamento dos chuveiros localizados na orla da praia, bem como o fechamento dos banheiros químicos.

Ainda segundo a prefeitura, serão instaladas barreiras de monitoramento e fiscalização nos acessos aos bairros da Praia de João Francisco, Barra do Furado e Visgueiro, ficando restrito aos moradores com comprovante de residência emitido no prazo máximo de 90 dias, contrato de locação ou comprovante de hospedagem e documento oficial de identidade com foto. Os comprovantes de residência serão estendidos apenas aos cônjuges, conviventes, parentes consanguíneos ou por afinidade na linha reta ou colateral até o 3º grau.

“Estamos tomando essas medidas para evitar que as unidades de saúde fiquem lotadas. Vamos reforçar a fiscalização em toda a cidade. Enfrentamos novamente uma fase aguda de casos de Covid-19 em todo o país, por isso precisamos da parceria de todos para que as unidades de saúde não fiquem com a capacidade cheia. Não é momento para festas e aglomerações”, disse a prefeita Fátima Pacheco.

Fonte: Terceira Via