Vereador protocola na Câmara Municipal pedido de CPI para apurar serviços da Águas do Paraíba

Vereador Rogério Matoso é autor do pedido de CPI da Águas do Paraíba (Foto: Reprodução/Arquivo)

O projeto de resolução e o requerimento para a instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar possíveis irregularidades da concessionária Águas do Paraíba foram protocolados na Câmara Municipal. Um dos objetivos é rever o cumprimento do contrato de concessão e indícios de má prestação de serviços. Desde o dia 6, 21 vereadores assinaram o apoio à CPI que corresponde a dois terços da casa, de acordo com os critérios do Regimento Interno da Câmara.

O vereador Rogério Matoso (Democratas) é o autor do projeto. Ele diz que aguarda o procedimento interno para que seja colocado em pauta para a votação. Na sessão plenária de terça-feira (11) o presidente da Câmara, Fábio Ribeiro, afirmou que os trâmites estão sendo realizados para que, na próxima semana, possa dar prosseguimento à instauração da CPI para as apurações de denúncias, irregularidades e má prestação de serviços.

“Considerando que o requerimento já consta com 21 assinaturas, a aprovação em plenário é medida apenas de cumprimento regimental, sobretudo pela relevância e importância do tema, tendo em vista que a população há tempo clama por socorro”,  disse o vereador Rogério Matoso.

A reportagem do Terceira Via enviou desde quarta-feira (12) email para a assessoria de comunicação da concessionária Águas do Paraíba para que comentasse a intenção da Câmara dos Vereadores realizar uma CPI para apurar supostas irregularidades da empresa, mas ainda não obteve resposta.

Fonte: Terceira Via